sexta-feira, 23 de abril de 2010

Nossa casa atualmente

Salut Famille, Ça Va?
Bien, je coloco aqui un video de chez nous atualmente pra vocês terem uma noção de como estamos vivendo.
Au revoir,
video

BIS Canela e Gramado - RS


Canela e Gramado são lugares incríveis. É tão legal estar no Brasil e ter a sensação de estar em outro país. E pra melhorar está aqui, bem pertinho de nós, apenas 130km em média. Eram duas cidades que queríamos ir novamente antes da nossa partida, dando uma ênfase maior em Canela. Todas as nossas idas e voltas no mesmo dia passávamos rapidamente por Canela, e lá tem muita coisa legal pra ver e aproveitar.
Fomos a famosa cachoeira do Caracol, é muito bonita. O mais legal é o parque em torno dela, muito bem preservado. A noite nos deliciamos com um maravilhoso fondue, afff!!! Que negócio bom. O melhor é o final de chocolate branco e preto, se eu soubesse tinha guardado a barriga só para ele, rsrsrs.
Mais um viagem massa. Essas duas cidades vão deixar saudades.
video

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Floripa-SC


E lá vamos nós, em mais uma viagem. Êita!!! Como diz Néo, nossa tia, virando o Brasil de cabeça pra baixo, rsrsrs.
Recebemos nossos amigos queridos aqui em Porto Alegre, Shanna e Rafa (já estou morrendo de saudades), depois de tanta encheção de saco da minha parte eles vieram.
Eles vieram pra Porto Alegre e daqui seguimos para Floripa, é uma viagem longa e pra piorar boa parte da estrada está em obra, mas só em pensar no lugar maravilhoso que é a ilha, compensa.
Ficamos hospedados no Hostal Blanco, muito bom, esse eu indico.
Floripa é um lugar sensacional. Poxa, que lugar!!! Moraria facilmente naquele paraíso.
Floripa tem de tudo, além de shoppings bons e toda essa parafernalha de cidade grande tem a natureza como em nenhum lugar. Boa parte intocada ainda. As informações que tivemos é que 65% da natureza na ilha está como sempre foi, intocada.
Curtimos cada cantinho, de norte a sul, de leste a oeste.
Foi tudo muito bom! Vai uma dica, é uma viagem cara e só vale se for de carro, é tudo muito distante.
Após a semana santa, Shanna e Rafa nos fizeram companhia em Porto Alegre durante a semana, foi muito bom esse tempo de convivência. É muito bom saber que iremos estar pertinhos uns dos outros em Montréal.
Valeu a todos pela viagem sansacional que fizemos!!!

Torres - RS


O aniversário de Be foi comemorado em grande estilo esse ano. Como somos só nós dois no RS passar um dos aniversários dentro de casa é terrível, resolvemos ir pra Torres. Torres é a praia mais bonita do litoral gaúcho, quase Santa Catarina. A cidade têm um astral muito legal, as pessoas são mais alegres e receptivas, nem parecia que a gente estava no RS. É uma mistura de montanha e mar, têm umas falésias lindíssimas. A natureza foi bondosa com esse lugar. Foi mais um final de semana ótimo.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Miami (de novo), Tampa e Orlando - EUA


Eu não posso negar que estava sonhando com esse momento. Gostamos muito do México mas particularmente não existe nada melhor do que ser turista e ter segurança. Isso, infelizmente, é um péssimo ponto do México.
Mas tem uma coisa que eu não posso negar as cervejas mexicanas são maravilhosas, Be se esbaldou e eu também!!!
Bem, chegamos nos EUA e fomos direto para Tampa em um carro alugado.
Os EUA, inclusive a Flórida, estava um gelo, um frio da zorra. Chegamos em Tampa meia noite, estávamos congelando a procura do hotel. Ficamos no Baymont Hotel, muuuuiiiiito bom e barato!!!
Só um parêntese aqui. Eu fiquei impressionada como os americanos vivem bem.
Lá nos enchíamos o tanque do carro com gasolina por 25 dólares, a gente comia um hambúrguer no Mc Donald's ou no Burguer King ou no Wend`s por 1 dólar,uma promoção saia por 2,99 dólares enquanto a gente paga 14,00 reais pelo mesmo produto no Brasil. Além da comida os preços dos carros é um absurdo a diferença.
Outra coisa muito legal e que me chamou muita atenção foi o estilo de vida, eles não gastam dinheiro comprando marca, eles comentavam muito isso dos brasileiros, e realmente nos outlets de marca so tinham brasileiros, inclusive a gente, hahaha. Eles são super consumistas, mas nem por isso saem gastando de qualquer jeito, esperam as promoções anuais.
Para o meu estilo de vida e personalidade a Disney não têm nada a ver comigo, conheci, pronto, está de bom tamanho. Coitado do maridao que ama a Disney, de volta somente com as crianças.
Nós fomos em 5 parques, o Bush Gardens, Universal Studios, Island Adventure, Sea World e Magic Kingdom.
O Bush Gardens é pra quem gosta de montanha russa, tem várias radicais. E um zoológico, com vários animais maravilhosos e com os brinquedos radicais. O Universal Studios foi o que eu mais gostei, a gente entra no mundo dos filmes mesmo, é massa!!! Tem vários brinquedos alucinantes.
O Island Adventure também é irado, fica ao lado do Universal, então é bom comprar os dois ingressos juntos porque você entra e sai quando quiser do Island e do Universal. No Island tem uma montanha russa muito legal, a Rock it, você desce nela escutando a música escolhida por você mesmo, é muito radical. O Sea World é show de bola, tem montanhas russas iradas e o show de baleias, que é lindo! O Magic Kingdom é direcionado as crianças, mas vale muito a pena, eu adorei, virei um criança também.
Disney é um lugar que todas as crianças deviam ir, falo pra todas as minhas amigas, economizem e levem seus filhos lá, eu acho que não existe presente melhor para uma criança. E o mais legal é ir com a criança e não mandar em excursão, eu vou adorar levar meus filhos lá um dia.


Retornamos para Miami depois de 5 dias em Orlando e Tampa, passamos mais um dia em Miami e viajamos a noite.
A viagem foi showwww!!!! Ocorreu tudo como esperávamos e os probleminhas soubemos resolver numa boa.
Até a próxima aventura desses eternos amantes de viagens.

Morelia - MX


Morelia é mais uma cidade mexicana magnífica, pequena mas muito aconchegante. É mais uma que merece um pouco da nossa atenção. Muito parecida com o nosso estilo de vida, muitos barzinhos legais, noitada fortíssima e muitos jovens legais. Ficamos no Tequila Sunset hostel, muito legal. Fomos a boite ms requisitada da cidade, era muito boa, espaçosa, com vários ambientes mas o som deixou muito a desejar. Eu e Be ficávamos implorando uma música eletrônica para o DJ, mas quando tocava a nossa pedida os mexicanos se sentavam e quando tocava as músicas deles, um tipo de salsa, não sei bem definir aquele tipo de música, eles se acabavam, era muito engraçado. Na boite os garçons eram bem malandros, tentaram dar golpe de várias maneiras. Um deles era o velho golpe do troco errado.
Apesar das chateações, Morelia é uma cidade ótima, tem muitas pessoas legais e prestativas e lugares interessantes. Existem uns doces famosos, experimentamos alguns.
Morelia foi a penúltima cidade do México que ficamos, retornamos para a Cidade do México, de lá pegamos o vôo de volta aos EUA.

Guadalajara - MX


Chegamos em Guadalajara a noite e pra turista que chega a noite, de carro, sem conhecer nada e sem falar a língua direito é bem complicado.
Guadalajara é uma cidade maior do que as outras que visitamos, tem 3 milhões de habitantes, trânsito caótico e vida muito turbulenta. Aqui, os cuidados tiveram que ser redobrados mais uma vez. A cidade é muito bonita, nos aproveitamos todos os dias com muita calma, até porque 2 dias são suficientes para Guadalajara, como tínhamos 4 dias, não precisamos ter pressa. Ficamos hospedados no Ibis, que tem o mesmo serviço do Brasil, mudando o café da manha, que é mexicano, bem picante. Pagamos um preço ótimo no Íbis, apenas 53,00 R$ por dia, acreditem!!! Conhecemos todo o centro histórico, o maior orfanato do mundo e conhecemos também a pior comida japonesa. Aqui o sashimi de salmão é defumado, foi a primeira vez que eu e Be ficamos disputando quem iria comer o sashimi.
Em Guadalajara nos tivemos o prazer de conhecer o Mundo José Cuervo.
Saímos cedinho numa excurssao e fomos a cidade de Tequila. Sempre fazemos tudo independente mas tem programas, como esse, que é melhor ir sem preocupações. Tomar Tequila à vontade e voltar dirigindo não é uma boa escolha. Muito interessante o processo de maturação da tequila, conhecemos outros tipos de tequila,a Tequila Añejo e a Tequila Reserva, já que no Brasil a mais comercializada é a Tequila Reposado.


Conhecemos o estádio Jalisco, onde o Brasil jogou na copa de 1970 e 1986.
Conhecemos também uma cidadezinha vizinha, chamada Tlaqueplaque, fomos a um restaurante que o guia sugeria e comemos o melhor guacamole e a melhor comida mexicana da viagem. Depois do nosso quarto dia de Guadalajara pegamos a estrada mais uma vez com destino a Morelia.

San Miguel del Allende y Guanajuato - MX


No dia seguinte, saímos cedinho para Querétaro, passamos rapidamente por ela, a cidade é muito parecida com outras que já vimos anteriormente, é uma bela cidade mas nada demais. Resolvemos seguir viagem para chegármos ao nosso destino final do dia, Guanajuato. Passamos por San Miguel de Allende, que mereceu um pouco da nossa atenção. É uma cidadezinha linda, pitoresca. Tem uma igreja gótica, a coisa mais linda do mundo!!! Eu achei essa cidade bem diferente de todas que visitamos no México, em San Miguel de Allende nos vimos pessoas de todas as nacionalidades, almoçamos num restaurante natural(coisa difícil no México), chamado El Tomate, de um argentino que viveu 17 anos em Toronto, Canadá(Olha o Canadá ai gente!!!). O Argentino foi muito legal, nos deu muitas várias dicas.


De San Miguel seguimos para Guanajuato.
Guanajuato é uma cidade com uma arquitetura e sua história fantásticas. A cidade é bem diferente de tudo que já vimos, repleta de túneis, que foram construídos há anos atrás devido a inúmeras enchentes (os rios transbordavam com frequência) e as casas foram construídas em cima de serras, o que mudou completamente o modelo de arquitetura que estamos acostumados a ver nas cidades. Além de toda essa diferença, eles aproveitaram a cultura local e pintaram as casas com diversas cores. O resultado disso foi uma cidade totalmente colorida e muito alegre. Em Guanajuato também existe uma das melhores universidade do país, a cidade é conhecida hoje como cidade universitária.
Além da Univerdade lindíssima, existem também igrejas, teatros e os melhores mariachis (são os grupos de homens que cantam músicas mexicanas)que vimos. A noite é ótima, tem vários barzinhos legais, casas noturnas e jovens de todas as partes do mundo. Ficamos hospedados no hostel de Pita, muito legal, apesar de Be ter achado Pita sem paciência com ele, rsrs. O nosso quarto parecia uma casa construída numa árvore.
Amamos Guanajuato, apesar do pouco tempo (apenas 2 dias), aproveitamos muito e daqui seguimos para Guadalajara.

Teotihuacan


Nos visitamos uma outra pirâmide, essa fica próxima de Teopotzlan, chamada Teotihuacan. Nos planejamos sair cedo de Taxco para visitarmos Teotihuacan e seguirmos viagem para Querétaro. Mas como as coisas aqui são bem mais distantes do que imaginávamos terminamos dormindo em Teopotzlan. A verdade é que as cidades ficam coladas umas nas outras mas para quem não conhece acaba se perdendo e a viagem acaba sendo mais longa.
Bem, Teotihuacan é um outro estilo de pirâmide, bem diferente da que visitada (Chichén Itzá). Essa foi construída na época pré-colombiana e é também muito interessante. Eles construíram uma cidade inteira, era a cidade mais conhecida na época, e fizeram duas pirâmides, a do sol, a maior e a da lua, a menor.Quem tiver interesse em sabe mais entra aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Teotihuacan
Bem, nos dormimos em Teopotzlan, a cidade é bem pequena, há somente 4 hotéis e nos visitamos os 4, acabamos ficando no mais caro porque era o melhorzinho, mas todos tem o estilo motel. Os mexicanos são bem bregas, eles gostam de tudo muito colorido e antigo o que dá um aspecto pior aos lugares. Por falar em motel, o significado aqui é bem diferente, hotel tem o mesmo significado mas como as pessoas chegavam de carro, motorizado, virou motel (mo=motor, tel= hotel). No México não é um point de orgias, entenderam?
Passamos a noite nessa cidade, comemos um burrito imenso de queijo com champignon, acho que foi o melhor da viagem até o momento.
A comida mexicana é muito diferente da que comemos no Brasil. Aqui eles não desperdiçam nada, nada mesmo. Afinal é muita gente pra alimentar nesse país.
E foi numa dessas que eu inventei de comer o chicharon deles, “es muy rico” me falavam, de tanto escutar isso eu não podia deixar de experimentar. Comi a quesadilha com recheio de chicharon, na hora eu senti que era uma parte do boi, mas achei a carne muito mole. Depois de ter me deliciado com o chicharon soube que era a pele do porco cozida, êca!!!! Passei muito mal, meu estômago não esta acostumado com essas coisas. Como existe uma lenda na culinária mexicana que diz que os turistas passam pelo inferno estomacal aqui, eu passei, infelizmente, porque a experiência foi péssima.
De Teopotzlan seguimos para Querétaro.

Chichén Itzá


É uma cidade arqueológica maia que funcionou como centro político e econômico da civilização maia. É um dos templos mais lindo do mundo, o Templo Chichén Itzá. Fica a apenas 4 horas de ônibus de Cancún, a entrada custa 110 pesos mexicanos. Foi um dos lugares mais espirituosos que nos já fomos. É uma sensação inexplicável, muita energia. A gente pára, olha aquela pirâmide linda, e se pergunta, mesmo sem querer, o significado de toda a nossa vida. É espetacular!!!!